qui. nov 15th, 2018

Tecnologia aliada à ortodontia trazem benefícios a pacientes

Dra. Pâmela Ferrari conta como novidades estão ajudando no sucesso de tratamento de crianças e adultos

O uso de novas tecnologias na área de saúde é cada vez mais crescente. E na Odontologia, não é diferente. O avanço tecnológico trouxe alternativas aos tratamentos bucais, como o uso do escaneamento digital e os aparelhos que são praticamente invisíveis. Para saber mais sobre os benefícios da tecnologia no desenvolvimento ortodôntico, conversamos com a Dra. Pâmela Ferrari, especialista em ortopedia facial e ortodontia, da clínica Abre o Bocão, no Parnamirim.

Segundo a especialista, atualmente existem softwares que possibilitam ao ortodontista uma gama de ferramentas digitais, que auxiliam o processo de diagnóstico, planejamento, prognóstico ortodôntico e principalmente, facilitam a comunicação com o paciente: “Através do software ClinCheck de tratamentos virtuais, por exemplo, conseguimos simular a correção da má-oclusão e o alinhamento dos dentes, permitindo mostrar ao paciente as projeções dos resultados esperados”, frisou Pâmela Ferrari.

MOLDAGEM MAIS CONFORTÁVEL – Com escaneamento intraoral – realizado por um equipamento que realiza impressões em 3D da boca do paciente, substituindo as tradicionais moldagens – além da precisão e exatidão da imagem digitalizada, tem-se ainda a vantagem de oferecer mais conforto para o paciente e eficiência nos tratamentos, segundo Pâmela. “A utilização dos modelos digitais é cada vez mais frequente em algumas especialidades da Odontologia, como a Prótese Dentária, Dentística e também na Ortodontia. Existem alguns sistemas de aparelhos ortodônticos que podem ser confeccionados utilizando os modelos digitais, como os alinhadores Invisalign”, continuou a profissional.

APARELHO DISCRETO – Desenvolvido em 1997, o Sistema Invisalign – uma sequência de alinhadores transparentes e removíveis, feitos sob medida para cada paciente – é uma alternativa ao uso dos aparelhos fixos tradicionais.”O paciente tem a liberdade para comer e beber o que quiser mesmo usando os alinhadores. Com eles também fica mais fácil escovar os dentes, usar o fio dental, mantendo a saúde bucal durante o tratamento ortodôntico. Além do conforto, pois não há bráquetes ou fios metálicos que possam quebrar ou irritar a boca.”, garantiu a especialista.

Indicado tanto para quem deseja fazer correções mais simples no sorriso como diastemas (espaços entre os dentes), o aparelho ortodôntico Invisalign atua em casos extremamente complexos, como dentes apinhados (falta de espaço para acomodar todos os dentes nas arcadas), mordida cruzada (quando não há um encaixe correto das arcadas superior e inferior), sobremordida (os dentes superiores sobrepõem os dentes inferiores), prognatismo (dentes inferiores ficam a frente dos superiores ao fechar a mordida) e mordida aberta (os dentes superiores não encostam com os inferiores quando a boca fecha). É indicado para tratar pacientes de todas as idades, sem restrições. “No entanto, é indispensável uma avaliação com ortodontista, pois após a avaliação clínica e estudo do caso é que podemos dizer qual tipo de tratamento é mais adequado para cada paciente”, finalizou.