Restaurantes da Boa Lembrança fazem parte dos roteiros turísticos de várias cidades do País

A gastronomia conta a história de um povo. Seja no resultado final de pratos que carregam a identidade cultural da sociedade, ou do processo inicial do cultivo dos ingredientes, a criação ou reprodução de receitas ajudam a fortalecer essas histórias. Há 24 anos a Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança trabalha em defesa da gastronomia nacional e internacional, com 99 casas cadastradas ao longo de todo o País e escrevendo novos capítulos da gastronomia brasileira.

Respeitando as especificidades de cada região, cada restaurante busca defender a sua verdade, criando pratos que, muitas vezes, conversa com a cultura local e o tipo de cozinha que se propõe. Na maioria dos casos, a culinária regional ganha releituras, mas sem perder a sua essência. “Nossa proposta é criar e recriar possibilidades do que os nossos clientes mais gostam. Trabalhamos diariamente em busca de novidades e todo ano colocamos no cardápio um novo Prato da Boa Lembrança, carregado de histórias, sabores e aromas”, explica o chef César Santos, presidente da associação.

Para 2018, 90% restaurantes já lançaram os seus pratos. Cada cerâmica retrata de forma divertida a receita escolhida da casa. Em Pernambuco, 15 restaurantes fazem parte da Boa Lembrança. Até o momento, 11 restaurantes já oferecem a nova receita: Beijupira Porto, Carneiros e Olinda, Munganga, Nez, Oficina, Oma, Ponte Nova, Tio Pepe, Varanda, Wiella.Graças à qualidade dos restaurantes associados e ao tipo de gastronomia explorada por cada casa, os endereços acabam entrando nos roteiros turísticos de suas respectivas cidades. “Podemos considerar quase que uma ‘parada obrigatória’. Levar para casa um Prato da Boa Lembrança é uma forma de materializar a memória afetiva, de um momento único, que foi pensado cuidadosamente e com muito carinho pelos nossos chefs associados, com o objetivo de ser muito mais que uma receita, mas a tradução do amor a partir de ingredientes”, afirma César Santos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *