Filme também é estrelado por Marco Ricca, Caio Horowicz, Danton Mello, Gabriel Braga Nunes e grande elenco

A Loma Filmes em coprodução com a Hebe Forever, Labrador Filmes, 20th Century Fox e Globo Filmes, com distribuição da Warner Bros. Pictures, apresenta o primeiro trailer do filme HEBE, baseado na história da famosa apresentadora Hebe Camargo. Com Andrea Beltrão vivendo a apresentadora, o vídeo mostra cenas da personagem na frente das câmeras, mas também revela momentos da vida particular da grande diva da TV brasileira.

O filme se passa nos anos 80 e traz como pano de fundo um retrato dos costumes, da cultura e da política do Brasil pelo olhar de Hebe Camargo. Sem pudor ou medo da crítica, como sempre foi na vida, a loira se revela inteira: na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.

Com direção de Maurício Farias, roteiro de Carolina Kotscho e com Inti Briones como diretor de fotografia, o longa mostra como Hebe aceita correr o risco de perder tudo que conquistou na vida e dá um basta: quer o direito de ser ela mesma na frente das câmeras, dona de sua voz e única autora de sua própria história.

O elenco do longa ainda conta com Marco Ricca, Caio Horowicz, Danton Mello, Gabriel Braga Nunes, Danilo Grangheia, Otávio Augusto, Claudia Missura, Karine Telles, e Daniel Boaventura.

Ficha Técnica

Direção Maurício Farias
Escrito por Carolina Kotscho
Produzido por Carolina Kotscho, Claudio Pessuti, Lucas Pacheco, Clara Ramos, Fernando Nogueira, Heloisa Jinzenji e Renato Klarnet,
Produtor associado José Alvarenga Jr.
Produtora executiva Clara Ramos
Direção de fotografia Inti Briones
Montagem Fernanda Franke Krumel e Joana Collier
Direção de produção Renata Artigas
Direção de arte Luciane Nicolino
Figurino Antônio Medeiros
Maquiagem Simone Batata
Produção de elenco Andrea Imperatore e Alessandra Tosi
Som direto Gabriela Cunha
Desenho de som Daniel Turini, Fernando Henna
Mixagem Gustavo Garbato
Trilha sonora original Branco Mello e Emerson Villani
Finalização O2 Pós
Sobre o filme
São Paulo, anos 80. O Brasil vive uma de suas piores crises e Hebe aparece na tela exuberante: é a imagem perfeita do poder e do sucesso. Ao completar 40 anos de profissão, perto de chegar aos 60 anos de vida, está madura e já não aceita ser apenas um produto que vende bem na tela da TV. Mais do que isso, já não suporta ser uma mulher submissa ao marido, ao salário, ao governo e aos costumes vigentes.

Durante o período de abertura política do país, na transição da ditadura militar para a democracia, Hebe aceita correr o risco de perder tudo que conquistou na vida e dá um basta: quer o direito de ser ela mesma na frente das câmeras dona de sua voz e única autora de sua própria história.

Entre o brilho da vida pública e a escuridão da dor privada, Hebe enfrenta o preconceito, o machismo, o marido ciumento, os chefes poderosos e a ditadura militar para se tornar a mais autêntica e mais querida celebridade da história da nossa TV: uma personagem extraordinária, com dramas comuns a qualquer um de seus milhões de fãs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *