Pátio de São Pedro recebe Terça Negra amanhã (13) e nos dias 20 e 27 de novembro

Em celebração ao mês da Consciência Negra, a programação da Terça Negra foi estendida para todo o mês de novembro. A primeira edição ocorreu no último dia 6, e a festa segue amanhã e nas demais terças do mês – dias 20 e 27

Promovendo um verdadeiro desfile de tradições e celebrações de matriz africana, a Terça Negra está sendo realizada em quatro edições neste mês de novembro, e não apenas uma vez no mês como de costume. A programação intensificada visa celebrar o Mês da Consciência Negra. A Terça Negra é tradicionalmente realizada pelo Movimento Negro Unificado, com apoio da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura, da Fundação de Cultura Cidade do Recife e do Núcleo da Cultura Afro-brasileira.

Amanhã (13), o Pátio de São Pedro receberá roda de capoeira, o Coletivo Hip Hop Camaragibe, o Mestre Zé Negão – Percussionista e educador de Camaragibe que mantém vivo o coco de senzala, e Encantaria.

No dia 20, Dia na Consciência Negra, a programação será caprichada. Concebidas com a participação das secretarias de Turismo, Esportes e Lazer e de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos, as atividades irão se estender por todo o dia. De manhã, a partir das 9h, o Pátio de São Pedro recebe a Feira Afroempreendedora, além de serviços de saúde, como distribuição de preservativos, aferição de pressão e glicemia, vacinação, teste rápido de sífilis, hepatite e HIV, Reiki e auriculoterapia. Às 9h e às 10h, vai ter oficina de dança afro e de contação de história. Das 11h20 às 12h e das 14h às 15h, o microfone estará aberto para o público presente. Às 15h, uma roda de diálogo sobre o papel do hip hop no fortalecimento da identidade da população negra reunirá Zé Brown e Jouse Barata.

Na Casa do Carnaval, às 14h30, será ministrada a oficina Juventude Participa. Mais cedo, às 14h, haverá exibição de filmes no Memorial Chico Science. E, às 15h, no Núcleo Afro, serão ministradas oficinas sobre cuidados com cabelos cacheados e crespos e de maquiagem para peles negras.

A tarde termina com a apresentação do Maracatu Linda Flor, às 17h, e do espetáculo Tereza – Uma Luz Chamada Resistência, dos jovens do Compaz, a partir das 18h.

Às 19h, começa a Terça Negra propriamente dita, que abrirá, como de costume, com capoeira. Depois, subirão ao palco montado pela Prefeitura do Recife as bandas Tambor Falante, Lamento Negro e Lucas & Orquestra dos Prazeres.

A celebração à cultura afro-brasileira só acaba na Terça Negra do dia 27, com capoeira e outros grandes shows de Massapê, Faces do Subúrbio e Marlevou.

A festa a céu aberto, naquele importante cenário da história e da cultura pernambucana, é gratuita e aberta ao público.

Confira a programação completa:

 

Dia 13

Terça Negra

19h – Capoeira

20h – Coletivo Hip Hop Camaragibe

21h – Mestre Zé Negão

22h – Encantaria

 

Dia 20 – Dia da Consciência Negra

9h às 18h – Feira Afroempreendedora e serviços de saúde (distribuição de preservativos, aferição de pressão e glicemia, vacinação, teste rápido de sífilis, hepatite e HIV, Reiki e auriculoterapia)

9h – Oficina de Dança Afro com Paulo Queiroz

10h – Contação de história – Roma Julia

10h – Olha! Recife – Bairro de Santo Antônio

11h20 às 12h – Microfone aberto

14h às 15h – Microfone aberto

15h – Roda de diálogo o sobre o Papel do Hip Hop no fortalecimento da identidade da população negra, com Zé Brown e Jouse Barata

17h – Maracatu Linda Flor

18h – Espetáculo Tereza

 

Casa do Carnaval

14h30 – Oficina Juventude Participa

 Memorial Chico Sciense

 

14h – Exibição de filmes que abordam a questão racial – UNEGRO

Núcleo da Cultura Afro-brasileira

 

15h – Oficina sobre cuidados com o Cabelo crespo e cacheado e maquiagem – Félix Oliveira

Maquiagem para pele Negra com Gênesis

 

Terça Negra

19h – Capoeira

20h – Tambor Falante

21h – Lamento Negro

22h – Lucas & a Orquestra dos Prazeres

 

Dia 27

Terça Negra

19h – Capoeira

20h – Massapê

21h – Faces do Subúrbio

22h – Marlevou