• Estreia da marca Librelato foi para Ruanda, uma das economias que mais cresce no continente africano 

A Librelato fechou sua primeira venda  para o mercado africano neste mês. O primeiro País a receber os implementos da marca Librelato foi Ruanda, com dois conjuntos de carroceria + reboque Sider para a empresa Sorwatraco, especializada no transporte de bebidas entre Ruanda e Tanzânia, no leste Africano.

De acordo com José Carlos Sprícigo, CEO da Librelato, as negociações para ampliar as exportações da empresa continuam sendo trabalhadas, mas essa venda sinaliza o início de uma longa parceria com empresas de transporte em operação no continente africano. “Essa venda irá reafirmar a qualidade de nossos produtos e nos impulsionar a alçar novos voos pelo mercado externo”. “O cliente Sorwatraco já encomendou outros implementos que serão entregues em breve”, sinaliza.

Os dois conjuntos de carroceria + reboque Sider foram montados em Ruanda para caminhões fabricados na Alemanha. “Vale salientar que Ruanda é um País que saiu de uma guerra civil na década de 90 para uma das economias que mais cresce na África. O país viveu uma grande recuperação social e, hoje em dia, apresenta um modelo de desenvolvimento que é considerado exemplar para países em desenvolvimento”, pontua Sprícigo.

Para Daniel Zilio, gerente de exportação e Libreparts, a Librelato olha o mercado externo como um pilar estratégico de crescimento. “Essa importância que a Librelato dá ao mercado externo traz consigo ações sólidas e duradouras na busca desta expansão internacional. Entendemos que através do acesso aos novos mercados conseguimos ter uma visão além do horizonte em nossa empresa, internalizando as experiências e conhecimentos obtidos lá fora, que são transformados em soluções e melhorias para nossos produtos e processos”, declara Zilio.

Projeto de expansão das exportações

O projeto de expansão internacional continua e uma amostra dessa evolução é a estreia da marca Librelato em Ruanda. A Librelato está abrindo novos mercados também na América do Sul por meio do MoveBrazil, Programa de Internacionalização da Indústria de Implementos Rodoviários da qual a Librelato faz parte. O Programa foi lançado há três anos e conta com organização da Anfir e Apex-Brasil, Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos.

“As exportações são extremamente importantes para nossos resultados de vendas, pois durante os altos e baixos do mercado interno esta atividade nos ajuda a manter um ponto de equilíbrio nos negócios”, explica Sprícigo. Até o fim do ano a empresa espera enviar 400 equipamentos ao exterior, em países como Chile, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Ruanda, entre outros.

LIBRELATO – Fundada em 1969, na cidade de Orleans, SC, a Librelato é hoje uma das mais inovadoras fabricantes de implementos do Brasil. Com cerca de 1,6 mil colaboradores e receita de 950 milhões de reais em 2019, a empresa concentra suas fábricas em seu Estado natal, sendo duas unidades em Içara e uma em Criciúma. Seus 60 representantes estão estrategicamente instalados em todas as regiões brasileiras, assim como em países da América do Sul como Paraguai, Uruguai, Bolívia e Chile. A Librelato possui um dos mais completos portfólios de produtos do País. São reboques, semirreboques, bitrens, tritrens e rodotrens: para aplicações em carga seca, graneleiro, carrega tudo, tanque aço carbono policêntrico, tanque aço carbono cilíndrico, florestal, furgão alumínio, furgão lonado, furgão lonado para transporte de bebidas, porta contêiner, tanque aço inox cilíndrico, canavieiro e frigorífico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *