Apresentação será dia 21 de junho, no teatro do Centro Cultural Mercado Eufrásio Barbosa

A artista multidisciplinar Laura Tamiana faz a apresentação de estreia de Lunar, seu show que leva para a cena o repertório do álbum de mesmo nome, lançado em 2021. O evento acontece na próxima terça, dia 21 de junho, no Teatro Fernando Santa Cruz, no Centro Cultural Mercado Eufrásio Barbosa, localizado no bairro Varadouro, em Olinda, às 20h. 

Trazendo um repertório principalmente de composições próprias e, também, duas parcerias, além de cantigas tradicionais do Brasil e do Oeste da África, Lunar é um convite a recordar e celebrar a energia cíclica da vida. A obra traz em sua dramaturgia o desenho de um ciclo completo, da coragem de nascer à morte pra renascer. O álbum, que está disponível em todas as plataformas, foi gravado com um time principal de músicos de Recife e a participação de diversos artistas de outros lugares do Brasil e também do Burkina Faso, Togo e Costa do Marfim, países do oeste da África. No show, a artista está acompanhada de três experientes músicos da cena pernambucana: Helder Vasconcelos e Rodrigo Félix, que também gravaram no álbum, e Beto Xambá, que chega compondo o time das apresentações ao vivo. A instrumentação é composta de vozes, violão, percussões e fole de 8 baixos.

O álbum, a agora o show, marcam a estreia como compositora e cantora-intérprete solo de Laura Tamiana, cuja carreira propõe diálogos entre a música, as artes da cena, as artes visuais, a palavra e as culturas populares, sempre a partir de um viés afetivo e de questões em torno de identidade, pertencimento e memória.

Circulando do interior de Pernambuco a vilarejos do Burkina Faso (país africano), das capitais aos interiores, suas realizações prezam pela democratização do acesso à criação e pelo diálogo entre diferentes culturas e contextos, com foco em ações de intervenção urbana e em terreiros ou comunidades tradicionais. 

Lunar está impregnado dessa diversidade de cores da trajetória da artista, seja na forma de compor, na escolha do repertório, dos músicos, da instrumentação e dos arranjos. A apresentação de estreia em Olinda/Recife conta ainda com as participações especiais de Isaar, Nice Teles (Nice do Cavalo Marinho) e Xamba das Yabás (grupo de mulheres da casa Xambá). 

O show tem produção independente e contou com apoio do Teatro Fernando Santa Cruz (Governo de Pernambuco, por meio da sua Agência de Desenvolvimento Econômico).

Os valores de entrada buscam oferecer acesso amplo e viabilizar a realização. A inteira custa 40 reais; a meia custa 20 reais e está disponível por direito e social, para quem esteja precisando no momento; e há ainda a entrada abundante, para quem pode e quer dar uma contribuição a mais, por 60 reais.

A artista Laura Tamiana

Laura Tamiana (Recife/Brasil) é artista multidisciplinar, além de produtora e facilitadora de processos terapêuticos e criativos. Cria e desenvolve projetos que envolvem a música, as artes visuais, a palavra, as artes do corpo e as culturas tradicionais, sempre com o propósito de promover o encontro entre pessoas e contextos, a partir de um viés afetivo e de questões em torno de identidade, pertencimento e memória. Tem especialização em Cooperação Artística Internacional pela Universidade Paris VIII França, e mais de 20 anos de carreira.

Em 2021 lançou Lunar, seu primeiro álbum musical, com composições próprias, co-autorias e cantigas tradicionais brasileiras e africanas. O disco conta com presença de reconhecidos artistas, como Helder Vasconcelos, Alessandra Leão e Andre Hosoi do grupo Barbatuques, e também do Burkina Faso, Togo e Costa do Marfim.

Desde 2007 integra os grupos do Carnaval pernambucano Maracatu de Baque Solto Piaba de Ouro, como baiana puxadora de cordão, e Boi Marinho, compondo o núcleo principal do grupo, como puxadora de cordão, cantora e percussionista. Com o Boi Marinho, realizou diversas apresentações também em centro culturais, festivais e eventos, como o Circuito Sesc de Artes, do SESC SP, e o festival Europalia, na Bélgica.

Unindo pesquisa e criação, audiovisual e cultura popular, realiza desde 2009 o projeto Retrato: substantivo feminino, uma criação coletiva em foto e vídeo envolvendo mulheres ligadas a diferentes manifestações culturais tradicionais no Brasil e também na África, realizado em parceria com Tatiana Devos Gentile. Através de residências artísticas, as mulheres são convidadas a utilizarem as ferramentas audiovisuais para contarem suas histórias e de suas comunidades. O projeto tem um vasto percurso de exposições e intervenções; além da publicação de um livro. 

Laura Tamiana também é responsável pelos projetos audiovisuais Céu e Terra e História: conta, além da série De canto a canto, iniciada com “Na voz das Yabás”, em torno dos cantos das mulheres da Nação Xambá, contemplado no edital de emergência do SESC PE.

Trabalha desde 2017 em parceria com o contador de histórias François Moïse Bamba, uma das maiores referências entre os contadores de histórias da África do Oeste, dividindo a cena com o artista em suas apresentações no Brasil. Juntos, já realizaram mais de 50 apresentações em diversos estados brasileiros, e criaram Ba-kô Burkina Brasil, uma ponte cultural e artística entre o Brasil e a África do Oeste, com projetos como “Do Burkina Faso a terras quilombolas, um encontro pela oralidade”. Em 2020, Laura representou o Brasil no Festival Internacional dos Patrimônios Imateriais, realizado por Bamba no Burkina Faso. E está selecionada para participar do evento RIAO – encontros da oralidade, no Benin, em novembro de 2023.

É sócia-proprietária da empresa Terreiro Produções, responsável por seus projetos autorais, pela carreira do músico, ator e dançarino Helder Vasconcelos, sócio da empresa, e por outros diversos projetos nas áreas de artes cênicas, música, culturas tradicionais, literatura, contação de histórias e artes visuais. 

Realiza vivências e oficinas em torno dos processos criativos para artistas de todas as disciplinas.

Serviço:

Apresentação de estreia do show Lunar

Data: 21 de junho, às 20h

Local: Teatro Fernando Santa Cruz, no Centro Cultural Mercado Eufrásio Barbosa

Endereço: Varadouro, Olinda – PE

Ingressos: a venda pelo Sympla, através do link https://www.sympla.com.br/evento/lunar/1608171

Valores:

20 reais – meia, por direito e social, pra quem esteja precisando no momento.

40 reais – inteira, valor normal

60 reais – valor abundante, pra quem pode e quer dar uma contribuição a mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.