Cidade se destaca em qualidade de vida, valorização imobiliária e está entre as 10 melhores para se fazer investimentos em imóveis. Após se consagrar como referência internacional do design, ele estreia no mercado imobiliário em 2022 e revela que essa é uma realização de um sonho da juventude: “Momento mais fantástico da minha vida”. Nessa quarta, 15 de junho, ele se reúne com formadores de opinião em Goiânia para para apresentar o projeto e o decorado

De acordo com ranking da consultoria Urban Systems, Goiânia está entre as 10 melhores cidades brasileiras para se fazer investimentos no mercado imobiliário. O ranking, que analisa critérios como geração de empregos no setor e demanda por novos domicílios nas cidades com mais 100 mil habitantes, aponta Goiânia à frente de cidades como Florianópolis, Salvador e Guarulhos.

A cidade possui um grande potencial de valorização imobiliária. Só no primeiro quadrimestre de 2022, Goiânia foi a primeira em valorização de 8,56% entre capitais no primeiro quadrimestre, aponta a última pesquisa FipeZap, que monitora 50 cidades e 16 capitais brasileiras. A alta ficou acima da inflação do período, medida pelo IPCA/IBGE  de 4,18%. Levando em conta os últimos 12 meses, a variação da capital goiana foi de 20,91%, ante à inflação de 12,01% do período. Foi a maior valorização da série histórica da pesquisa, iniciada em 2014. 

É nesse mercado em potencial que ninguém Hans Donner resolveu fazer sua estreia no mercado imobiliário. Ele assina do design do empreendimento Sagô Marista, lançamento residencial na Rua 1160 com apartamentos de luxo com om 265 m², desenvolvido pela Séren Incorporadora. O designer está trabalhando ao lado das arquitetas goianas Ana Gabriela Lins e Iara Luiz Galvão, que estão à frente do escritório Lins Galvão & Arquitetos Associados e assinam o projeto. Nessa quarta, 15 de junho, ele se reúne com formadores de opinião em Goiânia para para apresentar o projeto, em coquetel no apartamento decorado.

“Minha formação é designer gráfico, mas sempre fui apaixonado por arquitetura. Na realidade, eu queria ser arquiteto mesmo sendo designer. O que um arquiteto faz? Ele trabalha com luzes, volumes, formas. E todos os meus trabalhos de design são baseados nestes conceitos. Por isso, eu acredito que tudo o que fiz até hoje me trouxe a este momento, à oportunidade de criar ideias para moradias das pessoas. É o momento mais fantástico da minha vida. E eu não vou trabalhar apenas com formas, mas também com sentimentos. O sentimento em relação ao tempo, à vida e à necessidade de aproveitar o seu tempo”, conta o designer.

Em 1965, Hans Donner era um jovem morador de Viena, na Áustria, quando se viu diante da necessidade de decidir os rumos que iria traçar em seu futuro profissional. Nascido em Wuppertal, na Alemanha, o estudante cogitou a possibilidade de transformar a paixão pela arquitetura em seu ganha-pão, mas os caminhos da vida o apresentaram à oportunidade de adotar o design gráfico como ofício. A escolha se mostrou acertada nos anos seguintes, quando ele se mudou para o Brasil e logo se transformou em um dos nomes mais celebrados do design internacional, após criar a identidade visual de um dos maiores grupos de comunicação do mundo.   

No entanto, a paixão pelas formas e fachadas inventivas de casas e prédios permaneceu viva ao longo de todo esse tempo. Agora, aos 73 anos, “mas com fôlego de 27”, como ele mesmo gosta de frisar, Hans Donner finalmente pode abraçar a arquitetura. Sua estreia acontecerá em Goiânia. Cidade detentora do título de Capital Verde do Brasil, Goiânia aparece em primeiro lugar no ranking das cidades mais arborizadas do país, com cerca de 1.200 árvores espalhadas pela cidade e cerca de 94 m² de área verde por habitante.

“A minha mensagem será mostrar para as pessoas a importância do tempo. O tempo é muito poderoso e nos ensina a ter persistência e perseverança. Agora, aos 73 anos, o tempo finalmente me deu esta oportunidade de tocar no sentimento das pessoas por meio do lugar onde elas moram. Imagina a sensação de uma pessoa entrar neste edifício e se dar conta de que o tempo ali é diferente, que o ambiente te convida a essa reflexão, a desacelerar”, reflete o designer, que também é autor do notável relógio Onne, que se tornou outra marca de Hans.  

DNA tecnológico
A Séren Incorporadora é uma empresa formada por empresários com atuações que se complementam. Com DNA inovador, o grupo de pessoas oferece uma marca para quem gosta de exclusividade e entende que a tecnologia precisa estar a favor da qualidade de vida. A empresa é formada pelos sócios: Fabiano Almeida, a frente do grupo goiano MTVK, que atua na indústria da construção há 20 anos e está presente em projetos no Centro-Oeste, São Paulo e Atlanta/EUA; Neiva Coelho, especialista em imóveis há mais de 25 anos; e Paulo Alexandre Carneiro e Renato Tadeu Leal, proprietários da Brava Engenharia, que desenvolve obras comerciais e residenciais de alto padrão há mais de 10 anos. Com a reunião de tantos profissionais de referência em diversas áreas, a Séren Incorporadora pretende redefinir o padrão de imóveis com tecnologia embarcada e apresentar soluções que vão elevar ainda mais a vocação de Goiânia para os empreendimentos de alto padrão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.