Grupo de hospitalidade somará 40 hotéis até 2023 em 11 diferentes estados, entre hotéis, resorts e até parques aquáticos.
 

Após a aquisição da GJP Hotels & Resorts em 2021 pelo fundo de investimentos em private equity gerido pela RCapital, a empresa passará a atuar sob nova marca: Grupo Leceres. A palavra Lecer, que vem do latim lazer, indica exatamente os vários significados e sentidos da palavra, que a partir de agora se torna protagonista num novo universo de hospitalidade.

Para o branding da nova marca foram levados em conta os pilares estratégicos definidos pelo Grupo, sendo eles: Hospitalidade, Entretenimento, Gastronomia e Inovação. A empresa nasce com o propósito de ressignificar todas as formas de lazer, destacando os hotéis e resorts já consagrados pelas tradicionais bandeiras da antiga rede GJP, e ao mesmo tempo ampliando o portfólio em diversos destinos turísticos com novos empreendimentos.

Hoje, além dos 9 hotéis e resorts em 7 estados brasileiros, das bandeiras Wish, Prodigy, Marupiara e Linx, o Grupo Leceres englobará outras unidades a serem adquiridas, assim como projetos de expansão já em andamento no Grupo. De acordo com o novo plano estratégico, serão mais 31 hotéis até o final de 2023, totalizando 40 hotéis e resorts em 11 estados, além de parques aquáticos e novas atrações- surpresa na área de lazer e entretenimento. O número de apartamentos administrados pela rede [UH’s], hoje pouco mais de 2 mil, deverá totalizar 8 mil quartos até o final de 2023.

“Temos muitas oportunidades no mercado interno, que vem crescendo em números absolutos. As famílias têm optado por viajar pelo Brasil, especialmente em hotéis e resorts que proporcionem uma vivência completa. As Cataratas do Iguaçu recebem 2 milhões de visitantes por ano, enquanto Niagara Falls chega a 20 milhões de pessoas todos os anos. Vejam a disparidade. É atrair não só o viajante nacional, mas também o turista internacional e, claro, aquele que busca o anywhere office, já que hoje podemos trabalhar de qualquer lugar do mundo”, reforça o presidente do Grupo Leceres, Fabio Mader.

Com base nos últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a pesquisa realizada pelo Conselho de Turismo da Fecomercio SP mostra que o turismo brasileiro faturou R$152,4 bilhões em 2021, 12% a mais do que 2020. A expectativa até o final de 2022, segundo o órgão, é que o total ultrapasse os R$201,2 bilhões faturados em 2019, ano pré-pandemia. Entre os destinos mais procurados estão Rio de Janeiro, Gramado, Porto de Galinhas, Salvador, entre outros, ou seja, destinos onde o Grupo Leceres já atua.

“É um momento muito especial para o Grupo, de abrir novos destinos e desbravar o lazer de forma 360º, sempre investindo em pessoas, motor propulsor para o sucesso no negócio, por isso o cuidado na escolha do nome, das verticais da marca, do entretenimento para todos”, complementa Mader.

Para a concepção do projeto, também foi desenvolvido um manifesto, disponível de forma completa no site grupoleceres.com, que exemplifica a nova identidade do Grupo no cuidado com os seus clientes: “Leceres quer dizer movimento, alegria, férias, família e diversão. Leceres também significa conforto, descanso e novas paisagens. Leceres também é sinônimo de hospitalidade, carinho, capricho, grandes memórias, sonhos e realizações. Lazer tem tantos significados que é melhor deixar cada um escolher o seu.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.