O processo de isolamento social como alternativa de combate a covid-19, se tornou um combustível negativo nas emoções e sentimentos das pessoas. Por consequência, impulsionou, consideravelmente, a ansiedade pela falta de contato social e ausência da agitada rotina do dia a dia. Por vezes, a ansiedade é associada com o medo do isolamento, à solidão, a emoções inesperadas, pois, trata-se de sintomas parecidos.

Neste contexto, a ansiedade provocada pela reclusão social tem sido a causa de queixas e relatos desesperadores da sociedade. “Somos digitais, mas isso não substitui o abraço, aperto de mão, o contato físico”, comenta o professor da Universo, Luciano Santana, acrescentando que apesar de estarmos mais conectados por conta do isolamento social, isto não é suficiente para mantermos o equilíbrio emocional e o controle da ansiedade, resultando na ansiedade negativa.

Cada dia mais confinados e, em pleno lockdown, é nítido uma explosão de sentimos negativos entre a população, de “pré-ocupação”, ou seja, ocupação desnecessária, que sufoca a proatividade. Esses são algumas consequências da ansiedade negativa mais observadas pelos especialistas. Ainda de acordo com Luciano, questionamentos como ‘em tempos de isolamento social, como se manter longe da ansiedade negativa?’, são cada dia mais frequentes entre as pessoas. Logo, para que possamos controlar a ansiedade, algumas atitudes precisam ser tomadas e hábitos gerados.

Para isso, alimentar a mente e não apenas o corpo é algo imprescindível. “Fuja do trivial, do profissional. Seja uma pessoa plural, alimentando sua mente com novos temas de livros e seguimentos. Evoluir alinhando outras áreas do conhecimento é fundamental para afastar a ansiedade negativa. Permita-se assistir outras categorias de filmes, ouvir outro estilo musical. Enfim, permita que sua mente esteja alimentada por outras fontes também”, aconselha.

Outra dica é criar uma rotina para coisas boas, que façam bem. Ao contrário do que muitos pensam, é nos dias ruins, difíceis, que a manutenção da rotina extermina a ansiedade negativa. A rotina, ainda que o dia não tenha sido dos melhores, motiva e cria “anticorpos mentais”, para exterminar a ansiedade negativa.

Por fim, poupar os lugares de descanso é uma ótima sugestãoEm qual lugar, cantinho da sua casa, você se sente renovado? Você sente que a bateria foi recarregada? Pois bem, poupe esse lugar de refúgio, não levando para ele ‘pré-ocupação’ que eleva ou alimenta a ansiedade negativa. Neste lugar, desconecte de tudo. Proteja seu refúgio”, conclui.

Enfim, a ansiedade negativa gera uma “pré-ocupação” desnecessária, uma sensação de falsa produtividade e falsa sensação de impotência. É preciso administrá-la, eliminando da rotina. Em dias de isolamento social, a ausência da rotina de trabalho, escola, reuniões, convívio social etc., pode ser um combustível para a instalação da ansiedade negativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *