Os fãs de rap acabam de ganhar uma data para aguardar ansiosamente: 23 de outubro. É nesse dia que Edi Rock, um dos precursores do rap no Brasil e membro-fundador do Racionais MC’s, vai lançar seu próximo álbum pela Som Livre. Batizado de “Origens Parte 2 – Ontem, Hoje e Amanhã”, o novo trabalho pode ser considerado uma continuidade do disco anterior, “Origens”, lançado em 2019. 

Se antes o artista experimentava novos ritmos, agora Edi retorna às suas origens no rap e apresenta letras fortes e batidas bem marcadas, como já é possível conferir nas faixas “Vidas Negras” e “Só Deus” – ambas lançadas recentemente e que farão parte do novo álbum. O público também pode esperar novas parcerias com grandes nomes da música, assim como aconteceu no disco anterior. 

Sobre Edi Rock
No auge de seus 50 anos, Edi Rock é um dos grandes nomes do rap no Brasil e um dos integrantes fundadores do Racionais MC’s, que completou 30 anos em 2019. Em carreira solo, o cantor e compositor paulistano lançou o EP “Rapaz Comum II” (1999) e os álbuns “Contra Nós Ninguém Será” (2013) e ” Origens ” (2019). 

Em “Origens”, seu trabalho solo mais recente lançado pela Som Livre, o artista mergulhou em suas raízes musicais mais profundas e abriu seus horizontes para explorar diferentes sons e se conectar com nomes da nova geração. O álbum é uma celebração à música brasileira, onde o rap se junta ao funk, ao samba e até ao sertanejo, com influências de R&B, reggae, rock, blues e folk. Sem perder sua identidade, Edi Rock marca presença nas composições das 14 faixas, onde conta com participações especiais nacionais e internacionais, entre velhos amigos e jovens promessas, como Xande de Pilares, Simone Brown, Haikaiss, Bivolt e Rael. 

Sobre a Som Livre
Sempre em busca de novos talentos e de portas abertas para diferentes vertentes musicais, há mais de 50 anos a Som Livre é responsável por apostar e lançar diversos nomes de sucesso no mercado. Hoje a Som Livre é muito mais do que uma gravadora, é a maior empresa nacional produtora de conteúdo e marketing musical. 

Seja qual for a plataforma de lançamento, a Som Livre se faz presente como a trilha sonora de momentos especiais, refletindo assim as preferências e hábitos do público brasileiro. Durante sua história, a Som Livre lançou nomes importantes da música no país, como Djavan, Barão Vermelho, Cazuza e atualmente possui os maiores nomes da música nacional. Na linha de shows, a empresa é detentora de grandes festivais e eventos, como Festeja, Samba Demais, Destino Música e Arena Pop, além de assinar projetos para outras marcas, como o Glacial Fest, da Heineken. 

No time de sertanejo e forró da Som Livre estão nomes como Marília Mendonça, Jorge & Mateus, Maiara & Maraisa, Wesley Safadão, Michel Teló, Zé Neto & Cristiano, César Menotti & Fabiano, Mano Walter, Xand Avião e Raí Saia Rodada. O samba e o pagode são estrelados por nomes como Thiaguinho, Alexandre Pires, Raça Negra, Tiee e o grupo Menos É Mais. A MPB é representada por Ney Matogrosso, Novos Baianos, Erasmo Carlos, João Bosco e no selo slap estão artistas como Maria Gadú, Marcelo Jeneci, Céu e Scalene. O pop e o funk trazem os fenômenos Lexa, Kevin O Chris, MC Kekel e a dupla Carol & Vitoria, enquanto o cast de rap carrega artistas como Edi Rock, Haikaiss e Filipe Ret. O selo austro de música eletrônica é formado por Bhaskar, Mojjo, Ralk e Samhara. E Ton Carfi, Davi Sacer e Clovis Pinho representam o gospel da Som Livre. 

Som Livre, há mais de 50 anos a trilha sonora da sua vida. 

Acompanhe a Som Livre nas redes: 
somlivre.com 
instagram.com/somlivre 
facebook.com/somlivre 
twitter.com/somlivre 
youtube.com/somlivre 
linkedin.com/somlivre

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *