Top 3 no Mundial, piloto faz preparação especial com o big rider em uma sessão especial na Barra da Tijuca

O piloto Bruno Jacob, atual top 3 do circuito Mundial de Motosurf Freeride, modalidade em que são realizadas manobras super radicais com o jet ski nas ondas, está se preparando para encarar desafios cada vez mais extremos. Agora, o atleta está se especializando no surf de ondas grandes, mas sem seu jet ski – como surfista.

Com foco no desenvolvimento de sua performance no Mundial, Bruno busca conhecer melhor o universo das ondas grandes e acaba de realizar um treinamento especial na Barra da Tijuca com o big rider Alemão de Maresias, uma referência mundial em tow-in.

“Esse treinamento em ondas grandes com Alemão de Maresias me proporcionou um grande conhecimento, por uma outra ótica: o surf mesmo, sem o jet ski, que utilizo nas competições de Motosurf Freeride ao redor do planeta. Estou me desenvolvendo muito, confiante que poderei evoluir muito no esporte, que complementa muito a modalidade que pratico e represento o Brasil. Senti muita coragem ao lado de profissionais tão qualificados e reconhecidos mundialmente e isso também mostra que estou no caminho certo rumo ao título esse ano”, analisa Bruno Jacob.

O piloto baiano fará outros treinamentos especiais de tow-in até a próxima etapa do Tour, especialmente em ondulações maiores e situações mais adversas, como mar frio, já que a próxima disputa do Mundial será nos Estados Unidos,em uma praia que costuma ter água gelada e condições desafiadoras.

“Depois de garantir o pódio na mais recente etapa do Mundial na Europa, quero me preparar ao extremo para a final em Grayland, Washington e essa troca de experiência, que me permite uma visão mais completa e um entendimento ainda mais profundo sobre as condições do mar, vão me dar condições de garantir o primeiro lugar no circuito esse ano, o que será inédito para o Brasil”, destaca o piloto Bruno Jacob.

Edilson Assunção, o “Alemão de Maresias”, está entre os três melhores pilotos de tow-in no mundo e foi peça-chave na conquista do recorde mundial de ondas grandes alcançado pelo alemão Sebastian Steudtner, com uma onda de 26,21 metros em Nazaré, Portugal. Experiente, ele foi o piloto da moto aquática que conduziu o novo recordista ao mar.Agora, encontrou o desafio de auxiliar um piloto a encarar ondas grandes para melhorar sua performance no Freeride.

“Foi um prazer poder compartilhar com o Bruno Jacob um pouco da minha experiência no tow-in, mostrar pra ela não apenas os aspectos relativos ao surf em ondas grandes mas também o mecanismo do tow-in e da pilotagem, e ele se saiu muito bem. É muito bom contribuir com atletas de diferentes modalidades para a evolução de cada um deles. Foi sensacional”, destaca Alemão de Maresias. 

Seguindo o planejamento de treinamentos em condições extremas, Bruno Jacob agora segue para o Paraná, onde fará novas adaptações no equipamento e também enfrentará novos desafios no surf.

A próxima etapa do Mundial de Motosurf Freeride 2022 será entre os dias 19 e 21 de agosto, nos Estados Unidos. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.