“Vício Mau” é mais uma aposta do DJ Caique para o seu projeto ‘Coligações  Expressivas’, que possui o objetivo de enriquecer a liga entre o rap brasileiro e o lusófono. Esta é a sua primeira parceria com Valas, um dos nomes mais promissores do Rap Tuga, como o estilo musical é conhecido em solo português. O lançamento da Som Livre, já disponível em todas as plataformas digitais – ouça -, ganha lyric vídeo nesta quarta-feira, 15 de maio – assista.

DJ Caique fala sobre sua ligação com o rap de Portugal e a parceria com Valas, que acumula mais de 13 milhões de visualizações em seu canal de YouTube, ganhou neste ano a categoria ‘Vodafone Melhor Canção’ com a música “Estradas No Céu” na premiação ‘Play – Prémios da Música Portuguesa’ e conquistou no ano passado o ‘Single de Ouro’ com a música “As Coisas”, de seu último álbum ‘Check-In’. “Por meu pai ser português sempre carreguei as influências musicais do país e por volta dos anos 2000 comecei a me interessar pelo cenário do rap lusófono. Em 2004 lancei o projeto ‘Coligações Expressivas’, que existe até hoje, quero cada vez mais proporcionar esse movimento. Recentemente me identifiquei com um som do Valas e fui atrás da parceria. Além de outros artistas portugueses como Valete, Piruka, Sam The Kid, Mundo Segundo e Dealema, também já trabalhei com músicos da lusofonia em geral, como o rapper Azagaia de Moçambique e nomes como Prodígio, NGA e Kid MC, de Angola”, conta.

Sobre DJ Caique

Nascido em São Paulo, Caique Benigno mais conhecido pelo nome artístico DJ Caique, iniciou sua carreira no rap como DJ em 2000, e em 2003 começou a fazer seus primeiros beats. Produziu artistas como Projota, Rodrigo Ogi, Rashid, MV Bill, Edi Rock e dos norte-americanos Creative Juices Crew, grupo de Nova Iorque do qual faz parte. Desde 2004 mantém o projeto “Coligações Expressivas” onde une artistas do rap lusófono ao cenário do rap nacional. DJ Caique assinou com a Som Livre em abril de 2018.

“Vício Mau” – DJ Caique e Valas

Lançamento Som Livre – 15 de maio/2019

Letra

tu és um vicio mau, yeah i miss you now

tudo o que eu mudar é por ti

tu és um vicio mau, yeah i miss you now

mas nao foi bom chegar aqui

tu és um vicio mau, yeah i miss you now

tudo o que eu mudar é por ti

tu és um vicio mau, yeah i miss you now

mas não foi viver assim

Pra mim tanto faz como acaba eu tiro a corrente do corpo

não é a luz da ribalta que apaga o brilho do rosto

uma foto que mostra o que foste, conversa que ninguém ouve

conforme o que o cota contou respira com a corda à volta do pescoço

o horizonte estava longe eu vim de longe amigo

vi o espaço a mudar, senti o infinito

não, nem sequer ouviste, não, nem sequer tou triste

procurei bem, mas essa realidade não existe

vais acabar comigo assim, com a razão a fugir

sem razão me perdi, diz me onde é que vamos

porque até voltar a mim, vais ser tu a seduzir

e eu a tentar corrigir todos os teus planos

vou remendando danos, sim foram tantos

porque eu lancei os dados sem resultar no pano

no fim ficaremos sós se perdermos tempo

porque nunca fomos perfeitos nós quase morremos

Sobre a Som Livre

De 1969 para cá o mercado fonográfico mudou, assim como a forma de se consumir música. Hoje, 50 anos depois de sua criação, a Som Livre é muito mais do que uma gravadora, é o espelho musical do país. Uma empresa 100% nacional voltada para a música, seja qual for a sua plataforma e que reflete, através de seus lançamentos, o gosto e o hábito de consumo do brasileiro.

A Som Livre possui diversas frentes de negócios: venda física, digital, shows, licenciamento e editora. Em seu time são mais de 100 artistas e sua editora é uma das mais importantes do país, representando os direitos de compositores nacionais e internacionais. Na linha de shows, a empresa aposta em festivais de música, que acontecem por todo o país, com as marcas Festeja, Viva Mais Música e Arena Pop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *