Descubra a temperatura ideal para degustar as cervejas artesanais

Quando se fala em cerveja no Brasil a expressão “estupidamente gelada” já vem acompanhada. No entanto, será que existe uma temperatura ideal quando o assunto é degustação das cervejas artesanais? “Uma regra é certa: não devem ser utilizados graus negativos para resfriar a cerveja. Temperaturas muito baixas tiram todo o gosto da bebida, se tornando impossível uma degustação correta”, afirma o sócio da Debron Bier, Thomé Calmon.

Cientificamente a questão é explicada pela ação nas papilas gustativas, que quando extremamente resfriadas sofrem uma espécie de anestesia, fazendo com que não se sinta direito o gosto e diferença de sabores e sensações. Desta maneira, para uma apreciação correta, Calmon dá a dica: “Temperaturas mais baixas permite uma boa degustação de cervejas mais fracas, como é o caso das Lagers. As mais quentes são ideais para apreciar sabores e aromas mais complexos, como as Stouts e Golden Ale”.

Abaixo, Thomé indica, em uma escala de temperatura das cervejas artesanais, o resfriamento ideal para cada uma delas:

0 a 4° – A temperatura é ideal para as Lagers

5 a 7° – temperatura ideal para degustar cervejas mais claras, com ésteres frutados, como é o caso da Weiss e Witbier

8 a 12° – temperatura ideal para as mais escuras. Como é o caso da Golden Ale e Vienna

13 a 15° – temperatura ideal para as cervejas mais fortes. Algumas Ale e Stouts são ideias para serem degustadas nesta temperatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *