O ciúme e as dificuldades causadas por conta desse estado emocional são ponto de partida para o novo single de Chorou Bebel, “Ciumêra”. Lançada pelo selo Casulo em todas as plataformas de streaming (ouça aqui), a faixa permeia entre a MPB e o trap; e acompanha um videoclipe íntimo, já disponível no canal de YouTube da banda (assista aqui).

“‘Ciumêra’ é uma composição visceral e sincera sobre um relacionamento amoroso que não vai bem devido ao ciúmes e acaba o sufocando em dúvidas e sentimentos”, comenta Guilherme Bozi (guitarra e violão), que forma Chorou Bebel ao lado de Rany (vocal) e Gabriel Bebici (teclados e baixo). A canção foi composta em parceria com Zampa, músico e amigo pessoal do trio.

O videoclipe foi dirigido por Melina Furlan e conta com referências de Tiago Iorc, Marisa Monte e do ballet Bolshoi. “Procuramos passar a angústia vivida quando estamos com ciúmes ao mesmo tempo demonstrando carinho, amor e tesão”, afirma. 

Transitando entre MPB, xote, trap e pop, o trio deseja reafirmar a dualidade entre diferentes gêneros musicais, trazendo a principal característica da banda: reviver a MPB com arranjos e temáticas contemporâneas. “Somos apaixonados pelas novas potências que surgem ao misturar ritmos e ideias. A mistura de xote com trap é um exemplo do nosso interesse em experimentar e ousar na musicalidade do grupo”, finaliza Guilherme.

Ouça “Ciumêra” aqui

Assista ao videoclipe de “Ciumêra” aqui

Ficha Técnica:
Música
Produção Musical: Bebici
Mixagem: Bebici
Masterização: Rodolfo Simor
Composição: Zampa, Bozi e Rany
Captação: Bebici
Voz: Rany
Violão e voz: Bozi
Teclado, baixo, programação, voz e triângulo: Bebici
Acordeon: Chico Chagas
Zabumba: Lídia Soares

Videoclipe
Direção: Melina Furlan
Fotografia: Melina Furlan
Edição: Melina Furlan
Produção: Melina Furlan
Direção artística: Rany
Figurino e maquiagem: Rany
Direção executiva: Rany e Bozi
Roteiro: Melina, Bebici, Rany e Bozi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.