Artista realiza live musical, no dia 19 de março, através do seu canal no YouTube

O cantor e compositor recifense Publius foi um dos artistas de Pernambuco que teve projeto cultural contemplado pela Lei Federal n° 14.017, que ficou conhecida como Lei Aldir Blanc. A medida, instituída pelo governo federal prevê auxílio financeiro ao setor cultural, apoiando profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por conta da pandemia da Covid-19. Foram R$ 143 milhões repassados para projetos que envolvem artesanato, artes visuais, dança, design/moda, fotografia, gastronomia, literatura, música, ópera, patrimônio e teatro em todo o Estado.

Publius apresentará uma live musical, no dia 19 de março (sexta-feira), através do seu canal no YouTube (www.youtube.com/c/Publius_Dia_de_Sol), às 21 horas. Já a gravação da live acontecerá na área externa do Fábrica Estúdios, no aprazível bairro da Várzea, Zona Oeste do Recife, no dia 24 de fevereiro. “O cenário é rodeado de natureza preservada, que mantém um clima ameno durante o ano inteiro. Vamos iniciar a gravação por volta das 16h, pegando a mudança de luz do entardecer. O resultado será um lindo visual bucólico tendo a música como protagonista da cena”, detalha o artista.

O artista destaca que ficou muito emocionado em ter sido contemplado com uma lei destinada ao setor cultural que homenageia o compositor e escritor Aldir Blanc, falecido em maio de 2020, vítima da Covid-19. “Gosto muito do Aldir Blanc e da sua obra. Já fiz muitos shows com músicas dele no repertório. Acho que a obra de Aldir Blanc em parceria com João Bosco é comparável à obra de Chico Buarque. São músicas que fazem parte do cancioneiro nacional. Uma delas é ‘O Bêbado e a Equilibrista’, sucesso na voz da inesquecível Elis Regina. Quero oferecer essa live a ele”, ressalta.

Na live, Publius vai cantar as 11 músicas do seu segundo disco solo “Dia de Sol” e mais o single “Várzea”, lançado no final de 2020, em homenagem ao bairro do Recife onde nasceu. O álbum foi lançado de forma independente, no dia 13 de dezembro de 2018, em todas as plataformas digitais. Uma data mágica, dia de Santa Luzia e aniversário do Rei do Baião, Luiz Gonzaga.

Lei Aldir Blanc

A Lei Federal n° 14.017que prevê auxílio financeiro ao setor cultural foi regulamentada pelo presidente Jair Bolsonaro, em agosto de 2020. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com impacto das medidas de distanciamento social por causa do coronavírus. Serão liberados R$ 3 bilhões para os estados, municípios e o Distrito Federal que poderão ser destinados a manutenção de espaços culturais, pagamento de três parcelas de uma renda emergencial a trabalhadores do setor que tiveram suas atividades interrompidas, e instrumentos como editais e chamadas públicas. A lei presta homenagem ao compositor e escritor Aldir Blanc, falecido em maio de 2020, vítima da Covid-19.

Perfil do artista

Atuando profissionalmente desde 1999, o recifense Publius é cantor, compositor, músico e produtor musical. O artista apresenta em seu trabalho musical influências sonoras dos anos 1970, com tons progressivos, do rock canção dos Beatles a psicodelia de Pink Floyd, passando pelo som original de Alceu Valença, Lula Côrtes e Zé Ramalho a melodia do Clube da Esquina.

O artista está divulgando seu mais recente álbum “Dia de Sol”, lançado, em 2018, em todas as plataformas digitais. Com as colaborações de Marcelo Jeneci, Lula Queiroga, Hugo Linns, Juliano Holanda, entre outros, o disco tem onze canções autorais. Publius lançou, em 2020, os singles “Várzea”, homenageando o bairro do Recife onde nasceu, e “Aos Quatro Ventos”. No início de 2021, lançou “Passarim”.

Trajetória

Publius começou a carreira musical fazendo parte dos grupos Azabumba e Rabecado, além de acompanhar diversos artistas como Geraldo Maia e Tonino Arcoverde nos idos de 2000. Em 2007, gravou o programa de TV Som Brasil, em homenagem a Djavan, com o cantor Geraldo Maia na Rede Globo. Foi premiado, em 2012, em primeiro lugar (melhor trilha sonora) no Janeiro de Grandes Espetáculos, realizado pela Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco (Apacepe), pela trilha do espetáculo “Travessia”, do Grupo Grial de Dança, obra realizada em parceria com Cláudio Rabeca.

Em 2009 e em 2015, gravou o Programa Sr. Brasil com Rolando Boldrin, acompanhando respectivamente Geraldo Maia, Rabecado e Tonino Arcoverde, exibido pela TV Cultura para todo o Brasil. Em 2015, Publius circulou em turnê pelo Estado de Pernambuco, com o patrocínio do Funcultura, divulgando seu primeiro álbum nas cidades de Garanhuns, Triunfo, Goiana, Recife e Olinda. Em 2018, o artista lançou de forma independente nas plataformas digitais seu segundo disco “Dia de Sol”. Publius realizou shows pelo Brasil com as Fadas Magrinhas e lançou em 2015, 2016 e 2018, videoclipes de músicas inéditas que fazem parte do repertório do disco “Dia de Sol”.

Publius é especialista em Etnomusicologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), desenvolveu trabalho de pesquisa sobre o samba de coco em Arcoverde (PE), sob a orientação dos Professores Drs. Carlos Sandroni, da UFPE e Daniel Sharp, da Universidade do Texas. Publius está atualmente concluindo o Mestrado em Música pela UFPE, onde desenvolveu pesquisa sobre a música pernambucana contemporânea, sob a orientação do Prof. Dr. Bruno Nogueira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *