A Arena de Pernambuco, equipamento administrado pelo Governo do Estado, está na disputa para sediar as finais da Copa Sul-Americana entre os anos de 2021 e 2023. Nesta semana, foi retomado o processo seletivo que define o palco das decisões, escolha feita pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL).

Representante de Pernambuco, a Arena concorre junto com outros quatro estádios brasileiros: Mané Garrincha (Brasília), Castelão (Fortaleza), Beira-Rio (Porto Alegre) e Arena Fonte Nova (Salvador) – que entra na disputa apenas a partir de 2022.

Além dos palcos brasileiros, estádios da Argentina, Colômbia e Peru estão na briga para serem escolhidos como sede da final continental até 2023.

“A posição de destaque da Arena de Pernambuco no cenário esportivo tem se consolidado ano a ano. Após o complexo multiuso ter sido escolhido para sediar um dos maiores clássicos do futebol mundial, entre Brasil e Argentina, no próximo dia 30 de março, agora chegou o momento de ser ratificado como postulante para receber a decisão da Copa Sul-Americana, um dos maiores torneios de clubes do futebol continental. É um resultado gratificante para o Estado e para toda a equipe da Arena”, destaca o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *